Autoridades brasileiras encontram três túneis em cadeia do Rio Grande do Norte

As autoridades brasileiras encontraram três túneis na Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, onde centenas de presos estão amotinados desde o último dia 14, quando um confronto entre fações criminosas causou 26 mortos.

Segundo informações da Secretaria de Justiça e da Cidadania do Rio Grande do Norte, os presos aproveitaram as chuvas dos últimos dias para cavar o chão e tentar escapar, mas não conseguiram completar os túneis, pelo que ninguém fugiu da prisão.

Esta Segunda-feira, agentes da Força Nacional, um corpo policial de elite do Governo federal, encontraram um novo túnel no local. Esta foi a terceira escavação descoberta em menos de dois dias na Penitenciária de Alcaçuz.

O órgão estadual também confirmou uma tentativa de fuga durante esta madrugada, que terminou com um preso baleado no braço.

A unidade continua fora de controlo desde que 26 presos foram mortos a 14 de janeiro, numa luta entre as fações criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Sindicato do Crime do Rio Grande do Norte.

Na última semana, os prisioneiros de uma e de outra fação entraram em confronto várias vezes para obter o controlo da cadeia, desencadeando motins que causaram outras vítimas confirmadas pela Polícia Militar, que ainda não revelou o número exato de mortes.

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline