Chefe de supermercado detido por usar funcionários como empregados de obra para renovar sua casa

David Tyler, presidente da Sainsbury’s desde 2009, foi punido pela administração da empresa que lidera por ter usado os seus funcionários na renovar a sua casa de campo, em 2013.

A Sainsbury’s, terceira maior cadeia de supermercados do Reino Unido, enviou a David Tyler uma carta de pré-aviso depois de uma investigação interna ter provado a violação da política da empresa.

O presidente foi obrigado, ainda, a dar 5 mil libras (5778 euros) para caridade, em reconhecimento do trabalho levado a cabo pelo staff da empresa.

A investigação interna foi iniciada quando o The Guardian noticiou a existência de documentos que provavam as violações das regras. A cadeia diz agora em comunicado que o presidente “participou na investigação de forma voluntária” e que se concluiu “a violação das políticas da empresa não foi feita de forma intencional”.

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline