Funcionário da Justiça detido por falsificação de Certidões de Óbito em Tete

Um funcionário da Justiça em Moçambique, cuja identidade não foi relevada pelas autoridades, encontra-se a detido nas celas da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Tete, acusado de falsificação de documentos, emissão de certidões de óbito e a atribuição de nacionalidade moçambicana a cidadãos estrangeiros de maneira clandestina.

O indivíduo possuía em sua casa quase todos os tipo de impressos de documentos do Notariado e os carimbos.

Lurdes Ferreira, porta-voz do Comando Provincial da PRM naquela parcela do país, o indiciado recorria aos documentos em questão para obter benefícios pessoais, ignorando por completo o facto de estar a cometer irregularidades sancionáveis nos termos da Lei.

Fonte: VERDADE

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline