Governo procura parceiro para estabilizar Linhas Aéreas de Moçambique

Há três semanas, na visita às Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), o Presidente da República anunciou que a companhia não continuará como está actualmente.

Esta quarta-feira, na sessão de perguntas e respostas do Governo, no Parlamento, o Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, abordou a restruturação das empresas do Estado e revelou que se está à procura de um parceiro para estabilizar a LAM.

Mas coube ao Ministro da Economia e Financias dar mais detalhes. Adriano Maleiane disse que devido aos problemas que a LAM tem, esta foi a saída encontrada para melhorar o desempenho da empresa.

Ainda no capítulo do transporte aéreo, Maleiane afirmou que está em curso o processo de concessão de nove aeródromos para que os Aeroportos de Moçambique se concentrem na gestão dos principais aeroportos.

Na semana passada, o Instituto de Aviação Civil de Moçambique lançou um concurso público para operação de rotas nacionais e internacionais como forma de chamar atenção ao sector privado sobre as oportunidades de exploração do espaço aéreo nacional.

O País

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline