Governo vai restruturar Linhas Aéreas de Moçambique

A LAM foi a porta de entrada de Filipe Nyusi na visita que efectuou, hoje, a várias empresas e institutos tutelados pelo Ministério dos Transportes e Comunicações.

Logo à entrada, o Chefe de Estado recebeu explicações sobre o funcionamento da empresa e visitou alguns departamentos.

Devido ao momento de crise que a companhia de bandeira atravessa, era suposto que o Presidente da República fosse contundente durante a visita. Mas nem por isso, o Chefe de Estado mostrou-se tranquilo no diálogo com os trabalhadores. Foi preciso esperar pelo conselho consultivo para saber que, afinal, Filipe Nyusi não gostou nada do que viu.

O Chefe de Estado disse que o Governo vai fazer uma intervenção profunda na LAM e justificou que não faz sentido ter uma companhia de bandeira com aviões no chão.

Além da transportadora aérea nacional, Filipe Nyusi anunciou que o governo vai intervir rapidamente na Mcel e nas TDM, duas empresas públicas que atravessam uma grave crise financeira.

 

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline