Jovem que teve testa tatuada com “ladrão e vacilão” é preso por furto em SP

O jovem Ruan Rocha da Silva, 18, que teve a frase “eu sou ladrão e vacilão” tatuada na testa após uma tentativa de furto em São Bernardo do Campo (SP), em 2017, foi preso em flagrante neste sábado (24) após furtar desodorantes de um supermercado em Mairiporã, na Grande São Paulo.

O dono do estabelecimento, localizado na Estrada Arão Sahm, no Jardim Nipon, informou à polícia que viu o jovem colocando dois frascos dentro da calça. Na saída, ao ser abordado, foi descoberto que Ruan tentava furtar cinco desodorantes.

De acordo com a Polícia Civil de Mairiporã, Ruan foi liberado após pagar uma fiança no valor de R$ 1 mil. Ele vai responder pelo crime em liberdade.

O jovem ficou conhecido em junho do ano passado, quando tentou roubar uma bicicleta adaptada para deficiente físico em uma pensão de São Bernardo, no ABC Paulista.

 

No local, morava o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 28. Ele e o vizinho Ronildo Moreira de Araújo, 30, prenderam o jovem no estúdio e tatuaram a testa dele como punição.
Eles filmaram e compartilharam em redes sociais.

Na época, a defesa de Ruan alegou que ele estava alcoolizado e drogado. Os advogados disseram que ele viu a porta aberta, entrou e foi pego pelos dois homens. Neste novo caso, não quiseram se manifestar.

 

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.