Juíza brasileira suspensa por manter Menina de 15 anos presa 26 dias em cela Masculina

O Conselho Nacional de Justiça do Brasil conhecido pela sigla CNJ puniu a juíza Clarice Maria de Andrade com dois anos de suspensão das suas actividades como magistrada.

Clarice Maria foi punida após investigações apontarem ela como a principal responsável por manter uma menina de 15 anos de idade detida em uma cela feminina. A adolescente permaneceu por cerca de 26 dias em uma cela masculina com cerca e 30 homens lá dentro aguardando apenas pela decisão da juíza para a sua transferência.

O caso aconteceu no nordeste do Pará e 2007 e a ‘condenação’ surgiu em 2010. Apesar de não trabalhar, Clarice recebeu salário proporcional ao tempo de serviço, sem cortes durante os dois anos de punição.

Fonte: G1

Comente aqui pelo Facebook

Tags:
One Comment

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline