Líder da Coreia do Norte proíbe a realização de Casamentos e Funerais temporariamente

O Líder norte-coreano Kim Jong-un proibiu temporariamente a celebração de casamentos e funerais, assim como a livre circulação de pessoas e bens na Coreia do Norte.

Kim Jong-un tomou estas medidas supostamente por razoes de segurança, devidos as derradeiras comemorações do Partido dos Trabalhadores no qual ele mesmo é líder.

Já começaram os preparativos para as comemorações do Partido dos trabalhadores, liderado por Kim Jong-un, que ocorrem uma vez por geração, na Coreia do Norte.

De forma a evitar a ocorrência de incidentes durante os festejos, é proibido entrar e sair da cidade, tendo sido redobradas as acções de vigilância e as buscas em várias propriedades.

De acordo com o Independent, Kim Jong-un deverá com esta celebração tentar fortalecer e cimentar a sua liderança no país, declarar a Coreia do Norte como um Estado nuclear e ainda delinear a sua visão em relação ao futuro económico e militar do País.

Os festejos vão durar cerca de cinco dias, seguindo-se 70 dias de “demonstração de lealdade”, onde os membros das forças militares do país irão realizar horas extra para aumentar a sua produtividade e demonstrar a sua devoção ao líder do Partido dos Trabalhadores.

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.