Ex-Presidente do Brasil Detido pela Polícia Federal brasileira

A Polícia Federal brasileira deteve o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e o encaminhou ao aeroporto de Congonhas em São Paulo, afim de prestar depoimentos na sequência da operação “Lava Jacto”.

A operação da Polícia Federal está a decorrer desde a madrugada de sexta-feira na casa do ex-presidente em São Bernardo do Campo, na casa do seu filho, e em outros locais de São Paulo, Rio de Janeiro e do Estado da Bahia.

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, também foi alvo de um mandado de detenção para prestar depoimentos. Ao todo foram emitidos 44 mandados judiciais, 33 de buscas e 11 de detenção.

A operação encontra-se a ser realizada por 200 polícias federais e trinta auditores da Receita Federal.

A acção foi desencadeada para aprofundar a investigação de alegados crimes de corrupção e lavagem de dinheiro relacionados com desvios da Petrobras, a empresa petrolífera brasileira.

Esta fase da operação policial, batizada de “Aletheia” pretende apurar se as empreitadas OAS e Oderbrecht e o criador de gado, José Carlos Bumlai favoreceram Lula da Silva com uma moradia em Atibaia e um apartamento triplex em Guarujá. Também estão a ser investigados alegados pagamentos ao ex-presidente brasileiro feitas por empresas implicadas no caso “Lava Jacto”, a título de supostas doações e palestras.

lua

 

Comente aqui pelo Facebook

Tags:

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline