Muçulmanos assistem à Missa na Igreja Católica na França em gesto de demonstração de União

Muçulmanos de várias partes, assistiram à missa de domingo de manhã em várias igrejas na Europa, incluindo na igreja onde um padre foi assassinado na semana passada na França.

O caso do assassinato do padre deu-se nas seguintes circunstâncias:

Adolescentes que prometem fidelidade ao chamado Estado Islâmico levaram reféns em uma igreja católica na Normandia, em seguida, assassinaram com um golpe no pescoço o padre de de 85 anos de idade Rev Jacques Hamel no altar na semana passada.

Neste domingo, os muçulmanos compareceram em massa para mostrar unidade em face do terror após uma série de terríveis atentados realizados em nome do Islão.

Padre Francês Jacques Hamel assassinado por fiéis do Estado Islámico
Padre Francês Jacques Hamel assassinado por fiéis do Estado Islámico

Alguns sentaram-se na primeira fila, em frente ao altar onde o padre Jacques Hamel morreu. Eles se juntaram na congregação à uma das freiras que foi tomada como refém durante a atrocidade na semana passada.

Na Itália, Milão e Roma, as igrejas abriram suas portas para um serviço multi-fé onde compareceram tanto católicos como muçulmanos.

Muitos daqueles que participaram eram muçulmanos ahmadi, uma seita que acreditava que havia mais um profeta depois de Maomé.

Em reacção a acção dos muçulmanos, Dominique Lebrun, arcebispo de Rouen, disse as seguintes palavras após a missa em Rouen.

“Estamos muito emocionado com a presença de nossos amigos muçulmanos e eu acredito que é um ato de coragem que eles fizeram ao vir a nós”:

 Veja também Armando Guebuza diz que O maior desafio dos moçambicanos, é Acabar com a Instabilidade político-militar no país

Comente aqui pelo Facebook

Tags:

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline