Papa diz que Padres serão permitidos perdoar Abortos “Não há pecado que Deus não Perdoa”

O Papa Francisco disse publicamente que os sacerdotes católicos a partir de agora serão capazes de absolver permanentemente o ‘pecado grave” das mulheres que abortam.

O pontífice nascido na Argentina havia concedido uma permissão especial para perdoar o ‘pecado grave’ durante o Ano Santo da Misericórdia, que começou no dia 8 de dezembro do ano passado e terminou ontem.

Mas hoje o papa Francisco, de 79 anos, concordou em torná-lo uma política permanente que os padres católicos podem perdoar as mulheres que tiveram abortos.

Em um documento publicado pelo Vaticano hoje, ele disse: “Não há pecado que a misericórdia de Deus não pode chegar e limpe quando encontra um coração arrependido.” 

Mas ele reiterou a posição da Igreja Católica Romana que “o aborto é um pecado grave, uma vez que põe fim a uma vida inocente.

LEIA TAMBÉM: Padre afirma que terramotos em Itália são castigo divino pelos casamentos gay

A Igreja passará a exigir Certificado de Virgindade às mulheres para poderem Casar na igreja

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline