Reitor do ISCTAC acusado de “Plágio ao mais alto nível” por Egídio Vaz

Reitor da ISCTAC Dr. Rizuane Mubarak

Egídio Vaz surpreendeu a todos moçambicanos com uma publicação bombástica acusando diretamente o Magnífico Reitor de uma instituição de Ensino Superior em Moçambique de cometer o que o mesmo chamou de “Plágio ao mais alto nível”.

A acusação foi direccionada ao Magnífico Reitor do Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande, comumente conhecido pelo acrónimo ISCTAT.

O caso ora levantado baseia-se em uma obra literária publicada pelo Dr. Rizuane Mubarak, intitulada Direito Penal e Criminalística, segundo Egídio Vaz a obra tem pelo menos 7 páginas plagiadas da obra Medicina Legal do autor Santos, A (2003-04), o que Vaz chamou de um Engenho.

Foto de Egidio Vaz.

Em comentários à sua publicação, alguns emocionam-se criticando o sistema moçambicano de ensino superior, já outros criticam a atitude de Egídio Vaz em publicar a sua alegada investigação, sem antes porém, conversar com o autor da obra Direito Penal e Criminalística para ao mínimo tentar perceber o caso da alegada semelhança entre as obras constatadas por Egídio Vaz.

Reza o ditado: “Quem te repreende ao público, não quer te corrigir nem te ajudar, mas sim no mínimo denegrir a tua imagem

 

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline