Restam apenas 20 Rinocerontes em Moçambique, estão ameaçados de extinção devido a Caça Furtiva

A população de rinocerontes em Moçambique continua a diminuir de maneira assustadora e se assim continuar, é garantida a possibilidade de não restar sequer um rinoceronte em todo território moçambicano.

O maior problema responsável por esta redução da população desta espécie animal, é a caça furtiva que desencadeia o constante abate com objectivo de extrair os chifres para vender no mercado negro, tendo em conta o seu elevado valor. A principal rota dos criminosos onde realizam este crime é entre o Kruger Park, na África do Sul, e o Parque do Limpopo, na província de Gaza.

Para a protecção do rinoceronte e outras espécies, Moçambique criou uma polícia específica e o ministro do Ambiente, Celso Correia, destaca a coordenação com outros sectores da justiça e combate ao crime. Espera-se haver uma redução para zero do o número de animais mortos furtivamente.

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Inline
Inline