Três homens detidos por furto de Laranjas em propriedade privada

Três homens, um deles adolescente, foram detidos pela GNR (Guarda Nacional Republicana) por furto de laranjas de um pomar em Santa Rita, concelho de Tavira, Portugal. Ainda tentaram fugir, mas foram capturados. Os produtores da zona têm-se queixado do furto regular de laranjas.

A detenção ocorreu sábado, na sequência de uma ação de policiamento das explorações agrícolas. Os militares do Posto Territorial de Vila Real de Santo António foram alertados para a presença dos três homens, com idades entre os 16 e os 29 anos, num pomar, às 10h30. “Em coordenação com produtores locais, a patrulha veio a localizar os indivíduos, os quais encetaram fuga do local”, refere o Comando de Faro da GNR.

O veículo em que seguiam acabou por ser intercetado na zona da Aldeia Nova, no concelho de Vila Real de Santo António. No interior da viatura transportavam 200 kg de laranjas. Vão ser hoje presentes a tribunal para primeiro interrogatório e aplicação de medidas de coação.

Os furtos de laranjas de pomares na zona de Tavira foram, ao longo do ano passado, motivo de várias queixas por parte dos produtores, que se queixam de prejuízos de milhares de euros. Estas queixas levaram a GNR a reforçar o patrulhamento às explorações agrícolas, com a operação ‘Citrino Seguro’.

Em dezembro de 2016, quando foram detidos dois homens, espanhóis, apanhados em flagrante a furtar laranjas, a GNR referiu que nesse mesmo ano tinham sido detidas mais de uma dezena de pessoas na região pelo mesmo tipo de crime.

 

Comente aqui pelo Facebook

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.